Eu costumava ser envolvido em uma comunidade cristã quando eu estava na faculdade. Nem preciso dizer que eu me formei e segui em frente. Agora que estou no mercado de trabalho e eu entendo que eu deveria envolver-me em uma igreja local. No entanto, algo está me segurando.

 

Algumas vezes eu me senti traído e condenado ao ostracismo pela comunidade em que eu estava durante a tragédia que me aconteceu. É difícil para mim envolver-me em uma nova comunidade dado o fato de que eu me sinta decepcionado. Além disso, me leva muito tempo para conhecer novas pessoas. Como posso iniciar em uma nova comunidade e mudar as minhas expectativas por algo melhor do que minha experiência passada?

Obrigado,

LD 

Resposta:

Você consegue ouvir esse som? Está ouvindo? É o som de milhares de pessoas batendo palmas para essa pergunta. Porque, como você, as pessoas estão fora da Igreja olhando e se perguntando se elas podem dar outra chance. E, também como você, eles já experimentaram a traição, a exclusão, a tragédia e tiveram suas expectativas frustradas. E isso é, realmente, muito triste.

Tudo isso para dizer que você não está sozinho em sentir o que está sentindo, e você certamente não é a única pessoa perguntando como se pode começar de novo.

No entanto, precisamos diferenciar alguns dos seus termos. Ou seja, comunidade e igreja. Porque mesmo eu entendendo o espírito do que você está dizendo (e eu prometo que não estou tentando analisar suas palavras aqui), estas duas entidades não são necessariamente sinônimas.

Comunidade

Comunidade, como eu suponho que você esteja usando a palavra, refere-se a um grupo de pessoas que se reúnem para um propósito comum - adoração. Ou seja, tempo gasto orientando corações e mentes para Deus, o Criador.

Este tempo pode assumir diferentes formas (ou seja, comer, rir, luto, tocar, orar, etc.), mas em sua essência está Deus. É Jesus fluindo através de nós. É dar vida e ar uns aos outros. É confuso e disfuncional. É puro e formativo. É Deus revelando-Se ele mesmo a nós - e através de nós - em relacionamento. Ler Atos dos Apóstolos e perceber o cheiro de comunidade soprar daqueles versos

Igreja

Bem, a igreja às vezes é tudo isso. Igreja deveria ser sempre e apenas isso. No entanto, como é normalmente o caso com nós seres humanos, criamos essa entidade organizacional completo com placas de liderança, orçamentos, conselhos consultivos, conselhos de administração, departamentos de comunicação e estabelecemos quadros de liderança de qualquer coisa que estejamos fazendo - tudo em nome de tornar melhor a comunidade.

Às vezes funciona, às vezes não. Às vezes o pregador + música + atividades + café realmente funcionam, e as pessoas conhecem e amam umas as outras mais profundamente no meio disso tudo. Mas, mais e mais vezes, pessoas como você (e eu) estão olhando para esse modelo e dizendo: "Não, isso não é comunidade. Isso é igreja. Eu quero algo diferente".

LD, toda a comunidade centrada em Deus é igreja, mas nem toda igreja é comunidade. O que você precisa é uma comunidade. Se você encontrá-la em um local físico, com uma placa, onde os cristãos se encontram (a igreja), ótimo. Mas, estou cada vez mais convencido de que o conhecer verdadeiramente pessoas e permitir ser conhecido não pode acontecer quando Deus é institucionalizado. Isso só pode acontecer quando um grupo de pessoas deixa o controle e se compromete a relacionamentos reais e vulneráveis.

Contudo ...

A comunidade pode (vai) ser severa

Como você apontou, LD, pode haver a tragédia dentro de um grupo de pessoas, mesmo as pessoas que seguem Jesus. Isto, naturalmente, não é porque elas são pessoas más. É por causa do pecado, personalidades conflitantes, circunstâncias, erros genuínos, disfunção familiar, problemas de saúde mental, questões de drogas, o mau tempo, o mau desempenho nos esportes da faculdade, e a lista continua...

Nada sobre a comunidade, mesmo com toda a sua beleza e centralidade de Deus, será limpo. As pessoas vão brigar e decepcioná-lo. As pessoas vão deixar de corresponder às expectativas e ficar aquém da glória de Deus. Em suma, as pessoas serão como sempre foram.

Isso não é para minimizar a sua experiência (eu realmente sinto muito por você se sentir "traído e condenado ao ostracismo pela comunidade"), isso é apenas confuso de dizer. No entanto, não posso prometer-lhe que isso não vai acontecer novamente. Eu não quero que aconteça, mas não posso garantir nada. Jesus foi traído. Você e eu fomos traídos. Pessoas decepcionarem pessoas é parte da condição humana.

Mas isso não é o melhor de Deus pra nós.

O melhor de Deus é encontrado nos momentos pós dor, quando optamos por perdoar, quando escolhemos graça sobre rancor e quando nós marchamos de volta para as águas turvas onde a dor e o amor coexistem.

LD, isso é o que eu quero para você. Eu quero que você encontre uma comunidade. O que eu me preocupo é que você, de alguma forma, encontre, pelo menos, algumas outras pessoas que amam a Jesus para viverem juntos, ceiarem juntos, discutirem a Bíblia juntos e ficarem confusos juntos.

Você não tem que ser bom em conhecer pessoas, você tem que ser corajoso em dar um passo para trás na vida de fé que nunca foi projetada para ser vivida em isolamento.

Boa sorte, LD. Nós todos ainda estamos aplaudindo você!

Cordialmente,

Eddie

--------

Tradução: Equipe Feridos Pela Igreja

Artigo Original: I Was Hurt By the Church. How Can I Re-Engage?